Educação financeira para crianças e adolescentes

Outro dia uma mãe chegou até mim e disse que se arrependia por não ter ensinado ao filho – atualmente um homem de quase 40 anos – a cuidar direito do dinheiro. Contou que, quando criança e adolescente, ele sempre tivera tudo na mão e que, depois, no início da vida adulta, continuou recebendo os mimos dos pais sem ter que assumir qualquer responsabilidade. O resultado? Hoje, não consegue organizar o salário para dar conta das obrigações da casa, continua comprando coisas inúteis, e gera uma série de preocupações aos pais já idosos pois vive endividado ou pedindo ajuda para…